sexta-feira, 14 de março de 2008

A bela adormecida do bosque (de Alma Welt)

Eu vinha pelos meus prados de ouro
De volta ao casarão para o almoço
Quando fui barrada por um touro
Que me pôs o coração em alvoroço.

Parei estarrecida e não sabia
Se assim ficava ou se corria
Quando Rodo a cavalo apareceu
E a galope a cintura me colheu.

"Meu herói!" gritei, e de imediato
Fingi desmaiar na sua sela
Para melhor sentir o seu contato

Então ouvi, ou assim me pareceu:
"Ao bosque vou levar-te, minha Bela,
Onde a princesa nua adormeceu..."

04/12/2006

Nenhum comentário: